Páginas

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012



Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.

Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida.
Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela..."

Charlie Chaplin

Não sei o que é!


Preciso de algo… só não sei o que é!
Apenas algo que me traga o sorriso verdadeiro na cara e um verdadeiro sentido das coisas…
Há dias em que sentimos em que andamos por cá só por ver os outros a andar e hoje é um desses dias.
Um dia em que nada sabe bem, em que nada satisfaz, em que nada é bom. Não é mimo, não é birra muito menos é reclamar sem razão… é apenas o querer algo que preencha a nossa vida e traga alegria e um propósito em todos os gestos e acções do dia a dia.
É querer fazer alguma coisa que faça a diferença e que te realize…

No fundo é sermos úteis, activos, precisos…

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Aos Que Passam Em Nossas Vidas



Cada um que passa em nossa vida passa sozinho…
Porque cada pessoa é única para nós, e nenhuma substitui a outra.
Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só… 

Levam um pouco de nós mesmos e nos deixam um pouco de si mesmos.
Há os que levam muito, mas não há os que não levam nada.
Há os que deixam muito, mas não há os que não deixam nada.
Esta é a mais bela realidade da vida…
A prova tremenda de que cada um é importante e que ninguém se aproxima do outro por acaso…