Páginas

sábado, 15 de setembro de 2012

Uma questão de confiança

Eis o que me falta... confiança!
Não confiança em mim porque isso tenho. Sei as minhas capacidade e as minhas limitações e por isso sei até onde posso ir e onde posso chegar. O que me falta é confiança nas outras pessoas. Simplesmente não confio, fico de pé atrás até me mostrarem que realmente valem a pena e posso confiar nelas. Ora isso é um cabo dos trabalhos, num dia em que nos relacionamos tanto com as pessoas ser desconfiada é um problema. Digo não a muitas coisas e não acredito no que me dizem à primeira. Se alguém fala comigo e eu não conheço a pessoa fico de pé atrás, acho sempre que me escondem algo e pior que andam a tramar alguma (se calhar até é mania da perseguição).
Dizem que as nossas vivências enquanto crianças fazem de nós melhores ou piores adultos, com mais receios ou com menos, mas não vejo de onde esse sentimento de desconfiança possa vir. Será que sou desconfiada já por natureza? Começo a achar que sim! Ou então é de ver muitos filmes e começo a fazer os meus filmes...
O certo é que ser assim pode causar situações complicadas.

2 comentários:

  1. Se é mania da perseguição então também a tenho. Também sou assim. É complicado mas por um lado é bom. É uma força de sabermos que não nos lixam.

    ResponderEliminar